Há.

Tempos importantes e imponentes. Impotentes tantas vezes.
De nada adianta ficar no passado, viver só no futuro. Mão atadas no presente.
A vida é composta de momentos, pensamentos. Fazemos cada um da forma que bem entendemos.
Tudo nessa vida tem uma lado positivo e um negativo. O negativo está sempre na nossa frente, estampado e em letras garrafais para nem pensarmos no outro. É o caminho mais fácil, e o que nos leva na maior parte do tempo a perder alegrias, pessoas, amor.
Perder amor. Quantas vezes não nos prendemos no passado, e ficamos com um pensamento que talvez as coisas melhorem, que talvez ele te dê valor, que talvez ele largue tudo, que talvez ele pare de mentir, que talvez vocês fiquem juntos. Talvez. E enquanto esse talvez não vai, do nosso lado passa alguém, permace, vai embora. Nem notamos tal presença, nem vimos o amor, o tempo.
Há quem espere outro decidir por ele,  há quem decide sem pensar nas consequencias, há quem simplesmente não decide. E ai, vive ali, largado no passado, sem notar as belezas de agora, os futuros cheiros que logo estão por vir.
Há quem espere 3 anos para falar a verdade, chorar a verdade. Há quem nunca o faz.
Há quem mesmo com medo escreva, mesmo com medo agradece.
Esse tempo que muitas vezes é o remédio, é a dor. Tantas vezes é o único amigo que temos, a única esperança que resta, mas vemos apenas como um inimigo por não simplesmente ser agora a solução.
São palavras soltas que escrevo na esperança de o tempo mostrar a verdade. São sonhos secretos para que o tempo os tornem reais. São sorrisos sinceros, lágrimas, abraços.
Aprendi a esperar sendo impaciente, aprendi a ir em frente quando eu quis ficar, aprendi que minha história quem dita sou eu, mesmo querendo que os outros a fizessem para que eu pudesse ficar em um lugar onde os problemas não chegassem, pois ali era seguro, mesmo não sendo real.
E assim eu choro quando preciso, admito erros, celebro conquistas, e amo.
Porque no fim de tudo, você percebe que apenas o amor podia te trazer até aqui.

Marcela Silva
19:42 14/01/2009

Um comentário sobre “Há.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s