Amor de mãe

Marvin ontem foi dormir às 20:30. Até que foi tranquilo. Acredite, tem dias que fazer ele dormir é tipo uma hora de aula de Crossfit sem tempo pra respirar. Marvin aparentemente nasceu sem o chip de gostar de dormir. Tipo a mãe.

Eu aproveitei que tava com a cabeça cheia de coisas pra pesquisar, sentei na sala, abri o computador e umas 10 abas do navegador comecei a ler tudo que eu queria. Óbvio que quando você tá fazendo algo que quer, o tempo corre, e aí quando vi já era quase uma da manhã.

Escovei os dentes, fui deitar. E aí aconteceu. Marvin mexeu, virou pra um lado, virou para o outro, e aí eu já sabia, ele tava acordando. Deitei rápido, e coloquei ele pra mamar. Vai que deu tempo né? Talvez ele ainda não tenha realmente acordado, esperança é a última que morre.

Mas, já era tarde. Ele tava acordado. Fiquei ali na cama tentando fazer ele voltar a dormir por duas horas. Sim, duas horas no meio da madrugada, mudando ele de lado, cantando baixinho, fazendo chiado, rezando até pra Deus. Quase desistindo eu fui tentar o último recurso, levantar e dançar com ele. Tentei, dancei, girei, cantei. Tava lá, aquele mini humano acordado e eu já sabia que não tinha feitiço que o faria voltar a dormir.

Olhei o relógio, 3:08 da manhã. Respirei fundo. Queria deitar no chão e chorar, chorar até aquilo tudo acabar e minha vida voltar ao normal. Lembrei que aquilo era o normal. Marido tava dormindo. A casa toda, os vizinhos, até os gatos, todos dormindo. Menos eu, menos o Marvin.

Eu ando me perguntando inúmeras vezes onde eu fui me meter. A vida tava lá, toda linda, eu com tempo sobrando pra sair pra jantar, ver minhas series, viajar, sair pra qualquer lugar sem ter que carregar uma casa e mesmo assim estar esquecendo algo, podia dormir em qualquer posição, tinha tempo pra curtir o marido, os amigos, e até eu mesma. Daí aparentemente eu achei que era ok ter um bebê, e que eu daria conta.

Fomos pra sala, Marvin tava todo feliz, brincou com o gato, com os brinquedos, queria fazer farra. Eu lá, com vontade de sair correndo, conversei e expliquei que não dava, era de madrugada, tem vizinhos, tem pessoas dormindo, e aparentemente Deus faz milagre e ele entendeu, brincou quieto.

Depois de uns 40 minutos na festa, eu vi ele cansando, peguei no colo, cantei, dancei, um mamazinho, e mágica, ele dormiu. Voltamos para o quarto, e aí eu juro que gostaria de escrever que deu tudo certo, e eu dormi pelo menos 5 horas seguidas e que passou. Mas não. Ele continuou mamando até a hora que eu decidi levantar, as 9 da manhã. Óbvio que eu não dormi e to muito cansada.

Eu juro que até raiva eu senti. Marvin acordou feliz, como todos os outros dias. Ficou me chamando, fez gracinha, deu risada, e eu ignorei, porque apesar de ser culpa dele eu estar extremamente cansada, eu não queria descontar naquele mini humano sorridente toda minha frustração de vida.

Fui tomar banho, olhei a temperatura, -34, achei melhor secar o cabelo. Marvin nunca tinha visto o secador e ficou lá rindo pra eu mostrar, eu continuei ignorando. Me troquei, e fui pegar meu ônibus, nem tchau eu dei.

Respirei aquele ar que congelou meu nariz. Pensei, pensei e pensei sobre tudo.

E aí lembrando da madrugada, eu ri, porque o Marvin subiu sozinho no sofá novo pra abraçar o gato.

Caiu a ficha. Esse é o amor de mãe né. Esse amor, que mesmo eu cheia de raiva por não ter dormido, por estar cansada ao ponto de dormir no ônibus, me faz amar aquele menininho sorridente, e pensar que perdi meu tempo não mostrando pra ele o que era o secador de cabelo.

Não tem problema, já já eu volto, dou um abraço apertado, digo o quanto eu o amo, e mostro pra ele o secador, e o umbigo, que esqueci de contar que ele ficou me mostrando que descobriu que ele também tem um.

Sério, ser mãe é o maior desafio que já tive na vida.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s